sexta-feira, fevereiro 22, 2008

21 - A Mulher e o Dragão

“Assim diz o Senhor Deus: Estou contra ti, ó Faraó, rei do Egito, grande dragão...”Ezequiel 29:3a.

O capítulo 12 de Apocalipse descortina a história por trás da história. João conta que “viu-se um grande sinal no céu: uma mulher vestida de sol, tendo a lua debaixo dos pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a cabeça. Ela estava grávida e gritava com as dores de parto, sofrendo tormentos para dar à luz” (1-2). Esta mulher não é Maria, como insistem os teólogos católicos. Trata-se do povo de Deus, o verdadeiro Israel, formado por aqueles que viviam a expectativa do nascimento do Messias prometido por Deus. Desde Sete, passando por Abraão, até Simeão e Ana, e tantos outros que ansiavam pela chegada do Libertador. Simeão, por exemplo, foi o homem a quem Deus revelou que não morreria sem que visse “o Cristo do Senhor” (Lc.2:26b). Quando José e Maria trouxeram o recém-nascido para apresentar no Templo, Simeão O tomou nos braços e disse: “Agora, Senhor, despede em paz o teu servo, segundo a tua palavra, pois os meus olhos já viram a tua salvação, a qual preparaste perante a face de todos os povos, luz para iluminar os gentios, e para glória do teu povo Israel”(vs.29-32). Após estas palavras, Simeão dirigiu-se a Maria e declarou: “Esta criança é posta por queda e elevação de muitos em Israel, para ser alvo de contradição, e para que se manifestem os pensamentos de muitos corações”(v.34). Foi daquela linhagem justa que veio o Filho de Deus.

Um outro sinal foi visto no céu: “Um grande dragão vermelho, que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas cabeças sete diademas. A sua cauda levou após si a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra. O dragão parou diante da mulher que estava prestes a dar à luz, para que, dando ela à luz, lhe devorasse o filho” (12:3-4).

Não há dúvida de que o dragão é ninguém menos que o próprio Diabo. Suas sete cabeças e seus dez chifres podem apontar para os agentes humanos de que ele se vale para executar seus intentos. Os cristãos primitivos estavam cientes de que a sua luta não era contra as autoridades humanas, mas contra os poderes malignos por trás delas (Ef.6:12). Assim como Moisés e Arão sabiam que a sua luta não era contra Faraó, mas contra os deuses egípcios. Ao tomar conhecimento do livramento que Deus havia dado a Israel, removendo-o do Egito, Jetro, sogro de Moisés, declarou: “Bendito seja o Senhor que vos livrou das mãos dos egípcios e das mãos de Faraó. Agora sei que o Senhor é maior que todos os deuses...” (Êx.18:10-11a). Cada praga enviada por Deus atingia em cheio a jurisdição de alguma divindade egípcia, expondo-a publicamente ao desprezo. Vale dizer que uma das principais divindades egípcias era Sete-Tifom, um enorme dragão vermelho, cuja imagem adornava a coroa de Faraó.

Satanás, juntamente com os anjos que o acompanhara em sua rebelião, valia-se da Lei para escravizar o povo de Deus, e do Império Romano para perseguir a Igreja. O maior intento dele era impedir que a promessa de Deus se cumprisse. Ele sabia que a qualquer momento viria ao mundo a “semente da mulher”, para destroná-lo, e destruir o seu império de trevas.

Todas as tentativas do Diabo para inviabilizar o plano de Deus fracassaram. No verso 5 somos informados que a mulher “deu à luz um filho, um varão que há de reger todas as nações com vara de ferro. E o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono” (Compare com At.5:31; 7:55-56; Rm.8:34; Ef.1:20 e Col.3:1).

Até aqui, nenhum problema de interpretação. Tudo parece muito claro. A mulher é o verdadeiro Israel, formado pela linhagem santa que trouxe Jesus ao mundo; o dragão é o Diabo; o filho varão é o próprio Cristo que escapa da perseguição de Herodes, e que depois de vencer a morte é assunto ao céu, onde está assentado à destra do Pai. A partir daqui é que as coisas parecem complicar.
No verso 6 lemos que “a mulher fugiu para o deserto, onde já tinha lugar preparado por Deus para que ali fosse alimentada durante mil duzentos e sessenta dias.” O que significaria isso?
Quando os hebreus deixaram o Egito, para onde ele se dirigiram? Para o deserto. E foi no deserto que Deus ensinou-lhes a maior de todas as lições: a dependência total de Deus. Foi ali que Deus “de dia os guiou com uma nuvem, e durante a noite com um clarão de fogo. Fendeu as penhas no deserto, e deu-lhes de beber abundantemente como de grandes abismos; fez sair fontes da rocha, e fez correr as águas como rios (...) fez chover sobre eles o maná para comerem, e lhes deu cereal do céu. Cada um comeu o pão dos anjos; mandou-lhes comida com abundância. Fez soprar no céu o vento do oriente, e trouxe o vento sul com sua força. Fez chover sobre eles carne como pó, e aves de asas como a areia do mar” (Sl.78:14-16, 24-27).

Agora era a vez da Igreja cristã enfrentar o seu deserto, e aprender a depender única e exclusivamente daquele que prometeu dar-lhes “do maná escondido” (Ap.2:17). Jesus disse aos judeus de Sua época: “Vossos pais comeram o maná no deserto, e morreram. Mas aqui está o pão que desce do céu, do qual se o homem comer não morre (...) Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim também quem de mim se alimenta, viverá por mim. Este é o pão que desceu do céu. Vossos pais comeram o maná e morreram, mas quem comer esta pão viverá para sempre” (Jo.6:49-50, 57-58). Paulo diz que a rocha de onde jorrava a água para saciar a sede dos hebreus no deserto era uma figura do próprio Cristo (1 Co.10:4). Os 1260 dias representam apenas um tempo indefinido.

Guerra no Céu


"E houve guerra no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão. E o dragão e os seus anjos batalhavam, mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus. E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, que engana todo o mundo. Ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele” (Ap.12:7-9).

Finalmente, a serpente de Moisés engole a serpente dos magos egípcios! Os principados e potestades foram despojados. E quando se deu esta batalha cósmica? Quando Cristo, o Cordeiro de Deus, era imolado na Cruz do Calvário. “Assim como Moisés levantou a serpente no deserto, da mesma forma importa que o Filho de homem seja levantado” (Jo.3:14). A serpente de bronze erigida por Moisés representava a Cruz de Cristo, através da qual a velha serpente seria definitivamente derrotada. Ao desfazer em Sua carne a Lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, Jesus estava diferindo o golpe mortal nas hordas satânicas, pois a partir de então, Satanás já não teria base alguma sobre a qual acusar-nos diante do Tribunal de Deus. Paulo nos informa que Jesus, “havendo riscado o escrito de dívida que havia contra nós nas suas ordenanças, o qual nos era contrário, tirou-o do meio de nós, cravando-o na cruz. E, tendo despojado os principados e as potestades, os expôs publicamente ao desprezo, e deles triunfou na cruz” (Col.2:14-15). Se Satanás foi expulso do céu, o que é que ele fazia lá até então? O que o mantinha na Corte Celestial? Qual era a sua função ali? Ele era nosso acusador. A obra feita por Cristo na Cruz, fez com que ele perdesse seu emprego. Porém, ele não estava disposto a sair passivamente de lá. Foi necessária uma verdadeira guerra espiritual, envolvendo as milícias angelicais, e os próprios santos. Por isso, Paulo fala que a luta travada pelos crentes primitivos não era contra a carne ou o sangue, “e, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os poderes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais da maldade nas regiões celestes” (Ef.6:12). A igreja estava no meio de um campo de batalha espiritual. Seu papel era resistir às investidas das hordas do Diabo.

Em Apocalipse somos informados de que a Igreja o venceu, e que os anjos comandados por Miguel o expulsaram dos céus. Tendo em vista esta grandiosa vitória, uma grande voz brada:

"Agora é chegada a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo. Pois já o acusador de nossos irmãos foi lançado fora, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite. Eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; não amaram as suas vidas até à morte. Pelo que alegrai-vos, ó céus, e vós que neles habitais. Ai dos que habitam na terra e no mar, porque o diabo desceu a vós com grande ira, sabendo que pouco tempo lhe resta.” Apocalipse 12:10-12.

Quem supõe que Satanás ainda nos acusa diante de Deus, ignora a famosa pergunta de Paulo: “Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus?” (Rm.8:33a). E mais: “...em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por meio daquele que nos amou”(v.37). Isso parece ecoar o que a misteriosa voz bradou em Apocalipse: “Eles o venceram pelo sangue do Cordeiro.”


Somos novamente remetidos ao Êxodo dos Hebreus, pois é ali que vamos entender melhor a questão do sangue do Cordeiro.

Antes de enviar a última praga sobre o Egito, Deus ordenou a Moisés que orientasse os filhos de Israel para que cada chefe de família imolasse um cordeiro, e espargisse o seu sangue nos umbrais das portas de suas casas. “Naquela noite”, diz o Senhor, “passarei pela terra do Egito, e ferirei todos os primogênitos na terra do Egito, desde os homens até os animais; e sobre todos os deuses do Egito executarei juízo. Eu sou o Senhor. O sangue vos será por sinal nas casas em que estiverdes; vendo o sangue, passarei por cima de vós, e não haverá entre vós praga destruidora , quando eu ferir a terra do Egito” (Êx.12:12-13).

Foi o sangue do Cordeiro que poupou os hebreus daquela última praga que o Senhor enviava sobre o Egito. Da mesma maneira, foi pelo sangue do Cordeiro que a Igreja venceu Satanás.
A Páscoa foi instituída para lembrar aos filhos de Israel que o sangue do Cordeiro foi o responsável por tão grande livramento.

Na noite em que se celebrava a Páscoa (heb.passagem), os hebreus deveriam comer ervas amargas e pães asmos, isto é, sem fermento. Até isso tem um significado profundo para nós. Refletindo sobre este significado, Paulo ordena: “Lançai fora o fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como sois sem fermento. Pois Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós. Pelo que celebremos a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os asmos da sinceridade e da verdade” (1 Co.5:7-8). Enquanto as ervas amargas simbolizavam os tempos de angústia vividos no Egito, os pães asmos significavam uma nova vida, destituída do velho fermento do pecado.

Naquela noite os hebreus deveriam estar prontos para que pela manhã deixassem o Egito. Não poderia haver qualquer atraso. Era chegada a hora do êxodo tão esperado. A morte dos primogênitos do Egito representa a queda de Satanás e de todos os seus asseclas.

Os céus agora tinham motivos para festejar. Aquela persona non grata do Diabo finalmente deixara as regiões celestes. Porém, os que habitam na terra (Israel), e os que habitam no mar (gentios) deveriam estar precavidos, porque Satanás descera até eles com grande ira, sabendo que tinha pouco tempo pela frente para levar à cabo o seu intento. O Diabo estava disposto a correr atrás do seu prejuízo. Assim como Faraó que, mesmo tendo permitido a saída dos hebreus, resolveu partir em sua recaptura (Êx.14).

“Quando o dragão se viu lançado na terra, perseguiu a mulher que dera à luz o filho varão. E foram dadas à mulher as duas asas da grande águia, para que voasse até o deserto, ao seu lugar, onde é sustentada por um tempo, e tempos, e metade de um tempo, fora da vista da serpente” (vs.13-14). Não devemos entender a mulher como sendo os judeus como um todo, mas aqueles que deram origem à igreja neo-testamentária. Trata-se, portanto, dos remanescentes de Israel. A Igreja de Cristo deu seqüência à santa extirpe na Terra. A figura da águia fala do poder renovador com o qual Deus capacitaria o Seu povo (Sl.103:5; Is.40:31). Também aponta para o fato de que fora a provisão do Senhor que os tirara do “Egito espiritual”, e não as suas próprias forças. Foi o próprio Deus que falou a Israel: “Vistes o que fiz aos egípcios, como vos levei sobre asas de águias, e vos trouxe a mim” (Êx.19:4). E quanto a estar fora da vista da serpente? Quando Faraó e seu poderoso exército marchavam em direção aos filhos de Israel para recapturá-los, a coluna de nuvem se tornou densa e escura e pôs-se entre os hebreus e os seus perseguidores. Para o povo de Deus, a nuvem clareava o caminho, enquanto que, para os egípcios era total escuridade, “de maneira que em toda a noite este e aqueles não puderam aproximar-se” (Êx.14:20). Ainda que estivessem próximos uns dos outros, os hebreus eram guardados fora da vista de Faraó.

Durante os primeiros anos do cristianismo a igreja esteve guardada da perseguição romana. Somente com Nero, por volta do ano 66 d.C., desencadeou-se uma perseguição em grande escala. Até então, as autoridade romanas não estavam nem um pouco preocupadas com a expansão daquela nova “seita”.

João relata que de repente, “a serpente lançou da sua boca, atrás da mulher, água como um rio, a fim de fazer com que ela fosse arrebatada pela corrente. Mas a terra ajudou a mulher, abrindo a sua boca e engolindo o rio que o dragão lançara da sua boca” (vs.15-16).

O alvo da serpente é a mulher. A água aqui representa uma implacável perseguição. Inusitadamente, a terra engole o rio que o dragão lança da sua boca. Na simbologia de Apocalipse, a “terra” sempre aponta para Israel, enquanto que, o “mar” aponta para os povos gentílicos. Quando Nero começou a perseguir os cristãos, logo teve sua atenção voltada para as constantes revoltas do povo judeu (66 d.C.). Isso deu à Igreja a oportunidade de ser temporariamente aliviada das implacáveis perseguições da Roma Imperial. Porém aquele livramento era temporário. Esse capítulo termina dizendo que “o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra aos demais filhos dela, os que guardam os mandamentos de eus, mantêm o testemunho de Jesus. E o dragão parou sobre a areia do mar” (vs.17-18). Agora, Roma percebeu que a igreja não era meramente uma seita judaica, mas que estava alcançando pessoas de todas as nações. Era, portanto, uma ameaça ao domínio romano, uma vez que declarava sua fidelidade a um outro Imperador, a saber, Jesus, o Cristo.

47 comentários:

Breenniinhaa disse...

Tenho apenas 15 anos, mas desde os 12 nunca acreditei sobre essas coisas. E não gosto também de criticar nenhuma religião, portanto não gosto que fiquem a me criticar por eu não ter uma religião definida, em fim gostei do texto...
Leio porque gosto de ler, rs.
mas não quer dizer que eu venha a gostar dessas coisas, sou muito curiosa e gosto de estar sempre bem informada, e também saber como foram os tempos antigamente...

Ass.:Brenna Késia Gomes Oliveira ;)
se tiver mais alguma curiosidade a respeito do assunto gostaria de ser informada, até breve, e como vocês dizem... Fique com Deus ! ;)

stephanie disse...

Acredito plenamente, que, a salvação é o caminho de Jesus, e é sempre bom tomar cuidado com alguns relatos, pois defendem Lúcifer, que engana a todos ofertando-lhes maravilhas, principalmente os que não Têm conhecimento da palavra de Deus.

nego disse...

Essa mulher é Maria! e a representação também da Igreja de Deus! povo de Israel. tudo é profecia, mulher esmagara a cabeça da serpente, e a serpente fisgarar seu calcanhar.

Mulher eis ai teu filho, filho esi ai tua mãe.

Mulher não é chegada a minha hora, milagre do vinho.

Renato disse...

Fiquei muito surpreso pelos comentarios aqui feitos.Sem falar no texto que está divinamente esclarecido.
1- Essa Benininha de 15 anos, tenho certeza que em breve será uma serva de Deus, ela é uma eleita do Senhor,Ela é igual a mim que tenho 47 aninhos, rsrsrs, essa curiosidade que tem com essa idade, irá faze-la de uma serva fiel e transformado pela renovação do entendimento.Se ela por acasao ler essa comentario... fica sebendo que religião não tem nada a ver com o texto em suma. A religião é Cristo e é a quem pregamos e espomos estudos para que assim obtenhamos conhecimento para não errar. A palavra de Deus diz que erramos por não conhecer a bíblia.Uma dia você conhecerá a verdade e a verdade lhe libertará.
Essa verdade consiste em morrer para o mundo e viver para Deus, ou seja: deixar de fazer a sua vontade e fazer a vontade de Deus, e a vontade de Deus está contida na bíblia.
2-E o comentario de Nego, é extremamente fora de conhecimento, notasse a falta de entendimento em que não tem fundamento na realidade da bíblia, seria melhor estudar e pesquisar mais livros de teologia e comparar para se chegar a um denominador comum.A bíblia diz que só há um MEDIADOR entre Deus e o homem, e esse é o unico humano nascido no nosso planeta que teve o corpo glorificado e está vivo ao lado do Criador.Só ele pode fazer algo por nós, mais ninguem em toda geração nascida de mulher.
Até breve e fica com Deus
Visite meu blog

Adenilson disse...

renato, o seu relato é sem comentário, você foi iluminado pelo Espirito Santo p/ combater esses pensamentos errados.Que DEUS REALMENTE NOS ABENÇOE.

Italo do Pagode disse...

Muito bom o comentário .... abrir a mente é muito bom ... deus não nos privou do conhecimento ... ainda mais nos dias de hoje que já nascemos cegos espiritualmente ... só mesmo o deus todo poderoso pra ter misericórdia de nós e abrir os nossos olhos ....
"Ó deus tem misericordia de nós, abre os nossos olhos espirituais, esse reino não é nosso como já disse Jesus, dá-nos entendimento para ver a verdade, tira-os o engano, tira de nossa mente o desejo pela carne. Ó deus faz-nos entender que a tua glória é muito maior que qualquer prazer mundado, que um só dia na tua presença vale mais do que mil em outro lugar, em nome de jesus. Amém", depois do amém essa oração está selada no mundo espiritual.

jonas disse...

A verdade de Deus oculta na pessoa de cristo.A mulher de apocalipse e a (igreja ,corpo humano) de cristo na terra. para que não comeu da carne do cristo .não estou me referindo a pão nem vinho ´ me refiro a pessoa de cristo em nós sabe o significado dessa passagem tão complexa . não estou falando de religião nem de templo religioso nem de dogmas nem preceitos humanos. perdemos o evangelío de cristo na sua plenitude que Deus tenha misericordia de todos nos ( o apostolo paulo) nos relata tal passage com tamanha clareza eu sinto dores de parto ate que cristo seja formado em vos ou seja em nos. como e bom ler viver e entender e fazer parte dessa mulher que e o Próprio (DEUS)ESPERO QUE TODOS QUE LER E ENTENDER POSSA UNIR A ESSE CORPO GLORIOSO QUE E CRISTO FORMANDO ASSIM UM SÓ MEMBRO OU UM Só DEUS. Prestem atenção nada de capela nem templo cristo já os destruiu no passado´´ entendam que nos somos a nova morada do Deus eterno .ate mais

RS Doces e Salgados disse...

NEGO, NAO SOU CONTRA AS SUAS IDÉIAS E PENSAMENTOS FORMALIZADOS PELOS QUE OS OUTROS DIZEM, PASTORES E PADRES...
SÓ ME MOSTRE NA BIBLIA QUE ESTA MULHER DE APOCALIPSE 12 É MARIA.
SE VC ME PROVAR NA BIBLIA QUE É MARIA, EU CREDITO.

rato disse...

RS DOCES E SALGADOS:

TODOS NÓS TEMOS OPNIÕES A DAR, MAS CREIO QUE VC NESTE MOMENTO FOI MUITO MAIS INFELIZ DO QUE O "NEGO" NA SUA COLOCAÇÃO, POIS POR VC SE MOSTRAR UMA PESSOA UM POUCO MAIS ESCLARECIDA QUE ELE NÃO DEVERIA INTIMA-LO A TE PROVAR QUE ESSA SERIA A MARIA QUE ELE PENSA, E SIM MOSTRAR A ELE E A TODOS OS OUTRO QUE AINDA SE SENTEM EM DUVIDA QUE ESTA REFERENCIA E EQUIVOCADA, PORTANTO NESTE MOMENTO PESSO A VC QUE ME DE REFERENCIA NA BIBLIA QUE ESSA MULHER NÃO É MARIA, E ISTO FAÇO NÃO POR MIM, MAS POR CRISTÃO QUE SOU, E AINDA TENHO TAMBEM DIFICULDADES EM INTERPRETAR ALGUMA COISAS...

PRA MUITOS A BIBLIA INFELIZMENTE É APENAS UM LIVRO DE INTERPRETAÇÃO... PROVA DISTO QUE REFERENTE A ESTE ASSUNTO A CENTENAS DE INTERPRETAÇÕES DIFERENTES.

NÃO ME LEVE A MAL MAS A MINHA FRUSTRAÇÃO É APENAS QUE AO INVES DE MOSTRARMOS O CAMINHO, CERTAS PESSOAS NÃO INTENDEM QUE SERIA UMA GRANDE OPORTUNIDADE DE EVANGELIZAR.

UM GRANDE ABRAÇO A TODOS E QUALQUER COMENTARIO POSITIVO OU NEGATIVO SOBRE O MEU COMENTARIO PODERA TAMBEM SER ENVIADO DIRETAMENTE PARA MIM.

atos.souza@hotmail.com

Miguel Lemos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Miguel Lemos disse...

Não posso dizer que é maria nem posso dizer que não é. Vou abrir meu coração, realmente esta parte na bíblia é muito complexa. Mas meu argumento é o seguinte, para os que dizem ser maria, poderia ser pelo simples fato de ser uma mulher, com uma coroa, revestida de sol, mas se fosse maria então porque João fez tanto mistério ao invés de nôs contar logo.

RS Doces e Salgados disse...

AMADOS, NAO QUIS COLOCAR DUVIDAS, MAS OS TEXTOS ACIMA, JA DIZ TUDO O QUE TINHAMOS DUVIDAS, GEN 3:15, DIZ:
E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua desendencia e o seu desendente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.
SATANÁS QUE É A SERPENTE, DIABO OU LUCIFER. ELE IROU-SE CONTRA A IGREJA DE DEUS, MUITOS CRISTAOS FORAM MORTOS, QUEIMADOS E DADO AOS LEOES NAS ARENAS.
POREM A IGREJA DE DEUS FOI PERSEGUIDA, A MULHER É SIMBOLO DO POVO DE DEUS, O DESCENDENTE SAO OS REMANESCENTES, AQUELES QUE GUARDAM OS MANDAMENTOS DE DEUS E TEM A FÉ DE JESUS. ONDE ESTAR ESCRITO APOCALIPSE 14:12.
SE TIVER DUVIDAS ACESSE ESTE BLOG:http://vodpod.com/watch/3342298-iasd-moema-a-mulher-o-filho-e-o-drago

RS Doces e Salgados disse...

OI RATO, SIM FUI INFELIZ SIM, MAS TENHA A CERTEZA QUE DEUS ESTAR NO COMANDO, ASSIM COMO FARAÓ TEVE SEU CORAÇAO ENDURECIDO MUITAS PESSOAS HOJE OUVE A VERDADE, MAS FINGE QUE NAO VÊ, MAS JESUS NOSSO SALVADOR ESTAR BATENDO A PORTA DOS NOSSOS CORAÇOES, CABE A NÓS ABRIR A PORTA E MAIS ELE AINDA DIZ SE HOJE OUVIRES A VOZ DO ESPIRITO SANTO NAO ENDUREÇAIS O VOSSO CORAÇAO.
UM FORTE ABRAÇO. E DEUS É CONTIGO.

vanessa disse...

APOCALIPSE: Um livro onde contem maior simbologia da bíblia, dragoes com 7 cabeças dez chifres, animais com 7 olhos ...tudo simbólico!!! Porque somente a mulher teria que representar realmente uma mulher??? öbvio que nao é Maria...por favor né, nao forcem o texto, sao profecias, e nao é para ser lido literalmente...

vanessa disse...

APOCALIPSE: Um livro onde contem maior simbologia da bíblia, dragoes com 7 cabeças dez chifres, animais com 7 olhos ...tudo simbólico!!! Porque somente a mulher teria que representar realmente uma mulher??? öbvio que nao é Maria...por favor né, nao forcem o texto, sao profecias, e nao é para ser lido literalmente...

roney disse...

para todos pensão que não acredita em Deus é o que esta escrito nesse texto mais todos
saberão no utimo dia quando Deus vier é levar os seus eleitos mais
Deus ñ vai vim por placa de igreja mais sim pelo aquele que foi fiel até al fim
que cre nele é for batisado

Cosmo oliveira da silva disse...

é maria sim ela é a representante da igreja verdadeira da cristo todo cristão nasceu de maria porque jesus nasceru de maria!

RS Doces e Salgados disse...

Cosmo oliveira da silva, se vc para pra estudar a biblia do jeito que ela ensina, vc vai compreender, procure ajuda do ESPIRITO SANTO DE DEUS,que vc entende tudinho.
romanos 11: 8-10

um forte abraco.
QUE DEUS TE ABENCOE

JOYCE disse...

Bom tenho 16 anos , mas assim como a breenninhaa comecei desde de cedo com essas coisas , mas o contrario dela eu sou serva de Deus , eu respeito muito as religioes pois todas as religioes levam a um Deus só , e queria parabenizar pelo conteudo falando sobre a mulher e o dragão , vcs me deram uma luz aki rsrsrrsrs,continue sempre assim e que Deus ilumine sempre


Ps: me mande mais conteudo sobre o apocalipse pq eu estou estudando ele( e tbm por pura curiosidade), e dizer ao nego que a maria passando para hoje em dia , nada mais é que a própria igreja(já esclarecido pelo blog).

Allan disse...

gostei do texto creio exatamente assim, hoje mesmo antes de ler li esta passagem da biblia e tambem tive esta interpretação.
mas algo me intriga ainda se estes fatos aconteceram ou estão acontecendo, porque tudo se da na abertura dos sete selos.
se analizarmos a questão dos selos da impreção que o nosso senhor estaria abrindo os ultimos selos, pelas coisas que estão acontecendo na terra afinal pedro diz que um dia para o senhor é como mil anos...
muito legal este teu estudo parabéns.
ass. ALLAN MANGONI ( paz do senhor)

reinoldesfreire33 disse...

se observar-mos um mapa territórial das doze tribos com atenção a tribo de Judá, e comparar-mos com o nosso sistema solar, vamos entender que:A Terra é o nosso universo e o território de Israel é O nosso sistema solar. porque o sol, a estrela principal, é Jacó que é Hebrom.A mulher por sua vez é Jerusalém, que dentro do contexto do nosso sistema solar é a Terra, a qual encontra-se vestida ou seja, aquecida pela luz do sol, tendo a lua, Bélem, aos seus pés como o astro mais próximo de sua superficié.E uma coroa de doze estrela sobre a sua cabeça, que são os doze patriarcas que com suas posessões e descendentes vivem ao redor de jerusalém. todos estes stros não tende eles luz propria, brilham, por causa da grória(jesus) procedente de jaco.

RS Doces e Salgados disse...

OLHA REALMENTE DEUS NAO VAI VIR LEVAR AQUELES QUE DEFENDEM A PLACA DA SUA IGREJA, E POR ISSO QUE O SENHO DIZ EM APOCALIPSE 14:12; AQUI ESTAR A PERSEVERANCA DOS SANTOS AQUELES QUE GUARDAM OS MEUS MANDAMENTOS E TEM A FE EM JESUS.

CREIA NISSO E SERA SALVO TU E A TUA CASA. E PROCUREM HOJE MESMO UMA IGREJA QUE GUARDAM OS MANDAMENTOS DE DEUS E TEM O TESTEMUNHO DE JESUS.

davilamborghini disse...

eu sou davi martins e leio sempre a biblia a mulher vestida de sol com a lua debaixo dos pés e uma coroa de dozes estrelas
na minha opiniao o sol que reveste ela é jesus cristo a lua debaixo de seu pés siguinifica que tanto maria como a igreja esta acima da lua a coroa de dozes estrela sao as dozes tribo de israel.e as estrelas que o dragao arrastava sao parte da umanidade que nao obedece a Deus.

nilson disse...

Haverá grande fome e sede da palavra no entanto,lerão mas não copreenderão,procurarão ajuda mas nimguém mais poderá ajudá-lo.

diante de tantas dúvidas,realmente apocalipse é um livro um tanto dificil de se interpretar .

A mulher com dores de parto representa a igreja de Deus ,sofrendo com a opressão, sacerdotes
e senhores da lei com visões totalmente diferentes da visão de Deus ,o povo precisando de alguém para os libertar de seus pecados ,chorando ...


Até que à eles foi concedido, através do nascimento de Jesus Cristo ,o salvador da humanidade.
Aquele que há de reger todas as nações com cetro de ferro .(ap.12:5)
o arrebatamento do filho , foi após a morte de cristo ,por nossos pecados,
que subiu aos céus e sentou-se com Deus pai em seu trono,
a fuga da mulher p/o deserto certamente seria ,
A perseguição sofrida por seus servos que hão de esconder-se p/ não serem mortos.
no entanto satanás sendo derrotado no céu, foi expulso e lançado sobre a terra ,
onde cotinua a perseguição sobre a igreja e o povo de Deus.
irando-se com os fiéis e puros de coração , ele tenta impedir que outras pessoas que estão tentando buscar a Deus e conhecem um pouco da palvra, confundi-los ,usando a própria palavra.
Exemplo: Maldito o homem que confia no homem.
isso ñ quer dizer que não devemos confiar um nos outros,e sim que não devemos ser ignorantes ao ponto de pensarmos que somos auto-suficiente e não precisamos de Deus.
mas é isto que satanás prega, o espírito de desunião entre o povo.

Edson disse...

a questao é que a mulher persseguida hoje tipifica a igreja persseguida,mas o texto nos da a entender das dificuldades pois o filho que estava por dar aluz e o senhor jesus,que conseguiu nos dias de herodes atraves de uma intervenção divina alcança o livramento mas para hoje o que temos a dizer a respeito é que a mulher a igreja eu e vc estamos muitas das x sendo perseguido esta perseguição é implacavel e incomoda,porem DEus sempre cuida dos seus e o que vemos é uma resposta no proprio texto o escape mas o escape de deus vem de uma forma inusitada diferente pois ele nos leva para o deserto, um lugar imrpoprio um lugar inesperado quem imaginaria livranmento no deserto mais ´´e o que vemos como nos dias de moises assim o é percebemos que dEus usa mais uma vez as coisas loucas improrias para confundir as sabias entao o que aprendemos qunado estamos no deserto e um sinal que estamos alcançãdo

evelise disse...

inspiração e conviquisão e um grande poder de Deus .Jesus obrigado por ter morrido por nos pois so assim atraves de ti temos contato direto com o Pai.

evelise disse...

SOBERANO DEUS ABRA O ENTENDIMENTO DE CADA PESSOA QUE LER ESTE TEXTO

Gerson disse...

Mulher em profecia,significa Igreja.
Portanto,mulher vestida de branco,(Apoc.12),representa a verdadeira Igreja e mulher vestida de vermelho (Apoc.17),representa a falsa igreja.
Nem de longe, a mesma representa Maria,pois é um relato profético, metafórico.A mulher de branco fugiu para o deserto por ocasião da perseguição papal (538-1798DC),ou seja,a Verdadeira Igreja Cristã fugiu da fúria romana na Idade Média.
Os cristãos eram tidos como hereges pela igreja católica,se fôssem contra seus dogmas.Com isso eram barbaramente torturados e mortos,com os maiores requintes de crueldade.
Isto tudo já estava profetizado em Daniel 7:23-25.Esta igreja haveria de mudar os tempos ,mataria os santos do Altíssimo(cristãos)e mudaria a Lei de Deus.Compare os 10 mandamentos da Bíblia com o catecismo católico e verá a mudança.
Por fim,a perseguição do dragão(Diabo)é contra a Igreja que guarda os mandamentos de Deus,ou seja,todas as orientações Dele,tendo no centro os 10 mandamentos (Êxodo 20).
(...)

Drill Lima disse...

Me ajudou muito a entender sobre o livro apocalipse. Vcs sao pessoas muito iluminada pelo Espirito Santo.

Amigos para entender a Biblia precisamos buscar o espirito santo nao é so ler, o inimigo nos confunde a todos os instantes. E o espirito santo te fala a verdade.
Que Senhor continue abençoando a todos e abrindo os entendimentos das pessoas que nao compreendem a sua palavra. Aleluia e gloria a Deus. Amem!

Adriana.

wolneycq disse...

"Não há dúvida de que o dragão é ninguém menos que o próprio Diabo."

SATANÁS ou DIABO ou CAPETA, seja lá como queiram interpretar, o importante é o estudo...
Tá na bíblia? sim está! Mas, como chegou lá, de onde veio, prq veio?
É interessante qdo agente estuda e descobre que uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa... Leiam o texto abaixo e tirem suas conclusões...

Satanás é uma figura muito controvertida na Bíblia. A palavra "Satã" significa em hebraico "acusador", "opositor". Aparece, pela primeira vez no livro de Jó, sendo como um promotor celestial. A sua intimidade com Deus e o direito de entrar no "Céu", de ir e vir livremente e dialogar com Ele, torna-o uma figura de muito destaque. Veja o livro de Jó 1:6 "Um dia em que os filhos de Deus se apresentaram diante do Senhor, veio também Satanás entre eles".
O livro de Jó foi escrito depois do Exílio Babilônico. Sabemos que o povo judeu, tendo retornado a Israel com a permissão de Ciro, rei persa, no ano 538 a.C, assimilou muitos costumes dos persas. Isto ocorreu devido à simpatia e apoio que receberam do rei, que inclusive permitiu a construção do Segundo Templo judaico e ainda devolveu muitos de seus tesouros, que haviam sido roubados. A religião dos persas, o Zoroastrismo, influenciou sobremaneira o judaísmo. No Zoroastrismo, existe o Deus supremo Ahura-Mazda, que sofre a oposição de uma outra força poderosa, conhecida como Angra Mainyu, ou Ahriman, "o espírito mau". Desde o começo da existência, esses dois espíritos antagônicos têm-se combatido mutuamente.
O Zoroastrismo foi uma das mais antigas religiões a ensinar o triunfo final do bem sobre o mal. No fim, haverá punição para os maus, e recompensa para os bons. E foi do Zoroastrismo que os judeus aprenderam a crença em um Ahriman, um diabo pessoal, que, em hebraico, eles chamaram de SATAN - Por isso, o seu aparecimento na Bíblia só ocorre no livro de Jó e nos outros livros escritos após o exílio Babilônico, do ano 538 a.C. para cá. Nestes livros já aparece a influência do Zoroastrismo persa. Observe ainda que a tentação de Adão e Eva é feita pela serpente e não por Satanás, demonstrando assim que o escritor do Gênesis não conhecia Satanás. Os sábios judaicos, interpretando o Eclesisastes 10:11, afirmam (Pirkei de Rabi Eliezer 13) que, na verdade, a cobra que seduziu Adão e Eva era o Anjo Samael, que apareceu na terra sob a forma de serpente. Ele, que é conhecido como o "dono da língua", usou sua língua para seduzir Adão e Eva ao pecado. O poder do mal está em sua língua, e este poder pode ser usado somente para dominar o sábio. Ele não pode prevalecer sobre um ignorante.
Uma outra observação interessante é que o livro de Samuel foi escrito antes da influência persa no ano de 622 a.C. e, no II livro de Samuel em seu capítulo 24:1, você lê com relação ao recenseamento de Israel o seguinte: "A cólera de IAHVÉH se inflamou novamente contra Israel e excitou David contra eles, dizendo-lhe: Vai recensear Israel e Judá".
Agora veja esta mesma passagem no I livro das Crônicas, que foi escrito no começo do ano 300 a.C, portanto, já sob a influência do Zoroastrismo persa, com o já conhecimento de Ahriman/Satanás. No capítulo 21:1 desse livro está escrito: "e levantou-se Satã contra Israel, e excitou David a fazer o recenseamento de Israel". Portanto, o que era IAHVÉH no livro de Samuel aparece agora no livro das Crônicas como SATANÁS (Confira em sua Bíblia).
Assim, está evidenciado que Satanás não é um conceito original da Bíblia, e sim, introduzido nela, a partir do Zoroastrismo Persa.

Romão Casals disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Romão Casals disse...

A Bíblia é um conjunto de livros que nos incitam a reflectir e a descobrir os mistérios da fé, compreendo a dificuldade em se interpretar de forma coerente um texto totalmente profético com acontecimentos que antecedem a posterioridade no advento de campos paralelos.

O momento é único e prevalece estático na constante presença da eternidade, não existe passado presente ou futuro, tudo se passa no mesmo instante com condicionantes diferentes, o tempo é apenas uma ilusão que tem um propósito.

Esta é a mecânica que traduz o pensamento de Deus.

Não é minha intenção influenciar ou desconsiderar a visão filosófica em cada personalidade interveniente neste blog, apenas pretendo colocar o meu ponto de vista na consciencialização em Apocalipse 12.

O vislumbre do apóstolo João arrebatado por um momento na presença de Jesus.

O primeiro versículo faz uma alusão à mais elevada virtude da criação, a referência é feita de forma esclarecedora evidenciando a glória de incomensurável grandeza, plenitude e perfeição, Mãe de Deus encarnado em Jesus Cristo, eterna Mãe dos homens que nos acompanha para sempre no céu e na terra.

Maria cheia de graça íntegra no corpo e na alma, inteiramente consagrada à missão para a qual Deus a escolhera, imune da corrupção do sepulcro, foi ressuscitada e glorificada sendo levada aos desígnios celestes.

O mistério de Maria deve-se a um evento posicionado no paradoxo, ela não é uma divindade mas é a mais perfeita das criaturas porque foi imaculada e santificada exclusivamente pelos dons que herdou do seu próprio filho.

São Lucas cap.1.versículo 46 a 55 representa a prova inequívoca da tremenda importância de Maria aos olhos de Deus.

Na graça do Espírito Santo Maria disse: A minha alma proclama a grandeza do Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, porque olhou para a humilhação da sua serva. Doravante todas as gerações me felicitarão, porque o todo-poderoso realizou grandes obras em meu favor: o seu nome é santo, a sua misericórdia chega aos que o temem, de geração em geração.

Ele realiza proezas com o seu braço, dispersa os soberbos de coração, derruba do trono os poderosos e eleva os humildes, aos famintos enche-os de bens, e despede os ricos de mãos vazias, socorre Israel, seu servo, lembrando-se da sua misericórdia, conforme prometera aos nossos pais em favor de Abraão e da sua descendência, para sempre.

Antes de toda a escritura, a singular maternidade de Maria não termina no calvário, a missão de Maria teve inicio quando Deus falou que a mulher esmagaria a cabeça da serpente, (Génesis 3.15) a antiga serpente que seduz o mundo inteiro, perdeu o seu lugar no céu sendo expulsa para a terra.

No grandioso momento quando o calvário se torna o primeiro templo da Cristandade, é o próprio redentor que momentos antes da sua morte designa Maria como Mãe espiritual da humanidade, “Mulher, eis ai o teu filho”.

Por consequência da vontade de Cristo em seus últimos momentos, Maria torna-se a Mãe de toda a Cristandade reaparecendo no livro do Apocalipse tão enaltecida que se convertera no símbolo da Igreja.

Jesus pretende a união dos homens dando-lhes a própria mãe como a mais nobre criatura humana, tornando-a no eixo de fé e de esperança para dar continuidade ao trabalho salvífico.

Na anunciação o arcanjo Gabriel faz a eloquente saudação:

“Alegra-te, cheia de graça! O Senhor está contigo! Não tenhas medo Maria, porque encontraste graça diante de Deus”. (Lucas 1.28 e 30)

Romão Casals disse...

Eliminei o meu primeiro comentário porque no momento em que redigia o nome de quem escreveu “A revelação de Jesus Cristo”, estava simultaneamente a ter um raciocínio a respeito do apóstolo Pedro a quem Jesus entregou poder e autoridade para que, através do Espírito Santo, se abram as portas do Reino de Deus. (Mateus cap. 16 ver. 18.19)

João Batista, disse...

Eu lí seu comentário a respeito de apocalipse 12, você argumentou com toda enfase esei que deu o melhor de si, mas há varios equívocos na sua exegese.Primeiro lugar a mulher realmente não é Maria,nem tão pouco Israel, o filho que estava para nascer não era Jesus.Muitos dizem que amulher seria Israel por causa do sonho de José lá em Genesis, mas devemos lembrar que apocalipse foi escrito lá pelos anos 90 depois da ressurreição de Cristo,isso quer dizer que nesse momento da história essa revelação já não seria uma profecia, e sim um fato historico, pois está escrito em Apocalipse 1:1 Reveleção de Jesus Cristo,que Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisa que EM BREVE DEVEM ACONTECER
Outro problema que encontramos é que os textos sagrado dizem que o filho que estava para nascer foi ARREBATADO para o trono de Deus, e a mulher fugiu para o deserto por um periódo de mil, duzentos e sessenta dias ou seja, dois anos e meio, e a pergunta é: Quando Jesus nasceu ele foi arrebatado para Deus? Eu sei que você vai dizer: depois da sua ressurreição ele foi, isto é um equívoco, Jesus não foi arrebatado ele foi assunto ao céus a vista de todos os 500 irmão que estavam lá.
Quando Jesus nasceu Israel não foi para o deserto com querem alguns, mas muito dizem ele foi pro Egito e por isso passou pelo deserto, mas veja bem ele foi para o Egito, é verdade, mas levou consigo o menino, e o texto disse que o menimo ao nascer foi arrebatado para o trono de Deus. Então amigo apocalipse 12 segundo a sua interpretação ainda não foi revelado.

João Batista, disse...

Todas as tentativas do Diabo para inviabilizar o plano de Deus fracassaram. No verso 5 somos informados que a mulher “deu à luz um filho, um varão que há de reger todas as nações com vara de ferro. E o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono”(Compare com At.5:31; 7:55-56; Rm.8:34; Ef.1:20 e Col.3:1).

Aqui na sua interpretação você acha que esse filho varão é Jesus Cristo, MAS POR FAVOR DEIXE A BÍBLIA FALAR QUEM É ESTE FILHO.
No salmo 2 está escrito: Eu, porém, UNGÍ O MEU REI sobre o meu santo monte de Sião.
Proclamarei o decreto: o SENHOR me disse: Tu és meu Filho, eu hoje te gerei.
Pede-me, e eu te darei AS NAÇÕES por herança, e as extremidades da terra por tua possessão.
Tu os esmigalharás com uma vara de ferro; tu os despedaçarás como a um vaso de oleiro.Salmos 2:6-9
Em apocalipse 12:5 está escrito: Nasceu-lhe, pois, um filho varão, que há de reger todas as nações com cetro de ferro. E o seu filho foi arrebatado para Deus até ao seu trono.
Com isso você junta essas informações e concluem que se trata da mesma pessoa, JESUS, mas não é. Estes a bíblia chama-os de FILHO VARÃO (Apoc.12:5)
Comprados como PRIMÍCIAS para Deus e para o Cordeiro.(Apoc.14:4) e VENCEDORES (Apoc.2:26)
O Senhor Jesus dirigindo-se a igreja de TIATIRA disse: Tão- somente conservai o que tendes, até que eu venha
Ao vencedor, e ao que guarda as minhas obras até o fim, lhe darei autoridade sobre as nações.
Ele as REGERÁ COM VARA DE FERRO, quebrando-as, como são quebrados os vasos de oleiro, ASSIM COMO EU A RECEBI DE MEU PAI.
Eu lhe darei a estrela da manhã.
Quem em ouvido ouça o que o ESPÍRITO DIZ ÀS IGREJAS
Apocalipse 2:26-29
A igreja do século XXI chamada de cristianismo, há muito tempo ela apostatou-se da verdadeira fé, ela prega outras coisas menos o Evangelho de Jesus Cristo, mas Deus não fica sem testemunho na terra (Rm.11:4) Então o Senhor está gerando dentro da mulher (igreja) homens e mulheres que não se dobrarão diante deste sistema Babilônico, antes darão a suas vidas por amor do evangelho, esta parte forte( varão) triunfarão na guerra contra Satanás (apoc.12:10,11) e estes vencedores serão arrebatados para o trono de Deus (Apoc.12:5) antes da grande tribulação e estarão em pé diante do trono e diante do cordeiro, vestidos de vestiduras brancas, com palmas nas mãos (apoc.7:9)

Romão Casals disse...

Os incompreensíveis desencontros na história da Igreja Católica e a legítima renitência perante a duvidosa credibilidade de alguns traidores da cristandade, infelizmente também eles católicos, não justifica por parte do movimento protestante, uma atitude desvirtuosa para com a dignidade e honra da perfeita escolhida, proclamada bem-aventurada, Virgem Maria.

Não se compreende tal desconsideração e tentativa deliberada para ofuscar os princípios fundamentais da missionariedade cristã, esta conduta de infidelidade lastimável em nada se compraz com a submissa obediência de Jesus a sua Mãe. Na verdade, até mesmo os ditos protagonistas da reforma, em alguma circunstância colocaram em causa a incontestável condição da mais perfeita das criaturas e auxílio dos cristãos.

No entanto, se o apóstolo Paulo estivesse no mundo de hoje, talvez tivesse sido dissuadido de sua missionariedade por um desses teólogos do mundo moderno que pisam em cima da própria consciência, dando asas à imaginação elaborando uma nova interpretação para uma versão pessoal adaptada ao cristianismo.

“Não se pode negar que Deus escolheu e destinou Maria para ser a Mãe de Seu Filho, garantindo-lhe a mais alta honra. Isabel chama Maria de "Mãe do Senhor" porque a unidade da pessoa nas duas naturezas de Cristo era tal que ela poderia ter dito que o homem mortal gerado no ventre de Maria era, ao mesmo tempo, o Deus eterno"

(João Calvino, Corpus Reformatorum V.45, P.348).

“Maria é a maior e a mais nobre jóia da cristandade logo após Cristo, Ela é nobre, sábia e santamente personificada. Jamais conseguiremos honrá-la suficientemente.”

(Martinho Lutero, sermão do Natal de 1531)

Desconsiderar, mal dizer e protestar, é precisamente a vaidade que esta no início de tudo, o sujeito tem exactamente o mesmo raciocínio da multidão de pessoas completamente doidas que se está entregando a uma lógica de destruição. Precisamos transformar este mundo sem fé e sem esperança, em um mundo disposto a dar a sua vida pela verdade em Cristo.

O livre exame das Escrituras nos permite chegar às mais descabidas conclusões, não existe unanimidade, não se respeita a autoridade do magistério, enxovalha-se o Santo Padre e despreza-se alegremente a tradição passada no testemunho dos primeiros cristãos com o exemplo de tantos Santos ao longo dos séculos.

Com toda esta brincadeira que muitos ainda têm a ousadia de considerar uma bênção, abre-se a possibilidade tenebrosa para os devaneios e interpretações tresloucadas provenientes de ceitas ocultistas, eles infectam a alma das pessoas com a propaganda da nova era, desminam que a Terra é controlada por aliens e não por demónios, e para acabar em beleza é apresentado como emissário da palavra divina, o comandante da federação intergaláctica de nome “Jesus Cristo”.

Verdadeiramente fantástica esta hermenêutica de singular originalidade, a legítima exegese de convencionalidade pagã enaltecendo a reencarnação, o espiritismo e os peculiares propósitos da macumba, quem sabe são eles os novos arautos de Deus iluminados da verdade. Mas não nos podemos queixar, deixou de existir autoridade moral para refutar argumentos inspirados na própria Bíblia, assim dizem os instruendos da umbanda.

Romão Casals disse...

O Apocalipse nos diz que as preces dos Santos se elevam como incenso perante Deus…

Para compreender os mistérios de Deus, é importante conservar um pouco de humildade e simpatia, sem preconceitos ou posição de autonomismo radical, necessariamente incomodado quando na presença de um cristão conservador. Vamos com benevolência ler o que pretendo mostrar cingindo-me de alguns versículos que penso clarificar um pouco esta visão do capítulo 12 das revelações.

Apareceu em seguida um grande sinal.

A questão inicial é desvendar o verdadeiro significado da profecia, mas devemos entender em primeiro lugar que Deus nos envia um sinal com uma Mulher que daria à luz um menino, podemos observar este mesmo sinal no texto de Isaías onde uma virgem também daria à luz um menino.

“Por isso, o próprio Senhor vos dará um sinal: uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e o chamará Deus Conosco. “ (Isaías 7:14)

Quem é exactamente a Mulher que deu a luz ao menino Deus?

“Uma, porém, é a minha pomba, uma só a minha perfeita; ela é a única de sua mãe, a predilecta daquela que a deu à luz. Ao vê-la, as donzelas proclamam-na bem-aventurada, rainhas e concubinas a louvam.” (Cânticos 6:9)

Biblicamente só existe uma Mulher que seria proclamada por todas as gerações de bem-aventurada:

“Porque olhou para sua pobre serva. Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações.” (Lucas 1:48)

“Quem é esta que surge como a aurora, bela como a lua, brilhante como o sol, temível como um exército em ordem de batalha?” (Cânticos 6:10)

A bem aventurada Virgem Maria, no qual serviu de sinal para a vinda do Criador.

Maria carregou em seu ventre a Luz do mundo e o Sol nascente, todos os protestantes reconhecem que a perfeita escolhida foi a Virgem Santíssima, No entanto, omitem-lhe a maternidade divina, retiram-lhe a intercessão e ainda a declaram morta, mas esquecem que o primeiro milagre em Caná, Ele o fez porque Ela na condição de Mãe lhe pediu.

Quem vos cegou?

Assim como aos pés da cruz o esperou para o receber em seus braços, assim está Ela agora orando diante Dele, por vós inclusive, até ao último momento.

Capelão disse...

Muito bom! Obrigado pela ajuda com esse texto!

cesar disse...

MAIS UM HEREGE QUERENDO MUDAS AS ESCRITURAS, MARIA É SIM A MULHER QUE ESTAVA PARA DAR A LUZ, ACASO ELA NAO DEU A LUZ AO SALVADOR?
NÃO MUDE AS ESCRITURAS. ISSO É ANÁTEMA!!!

João Batista, disse...

Assim como os sacerdotes Judeus não entenderam a revelação de Deus na pessoa de seu filho Jesus Cristo, por causa de seus dogmas, e as suas falsas religiosidade, por isso Jesus chamou-os de Hipócritas, Raça de víboras, mesmo porque como diz as Escrituras a Fé não é para todos (2Tess.3:2) a revelação de Deus é apenas para os eleitos de Deus (Tito 1:1) não é de se estranhar que os cegos espirituais, que ainda estão com o véu no rosto (1Cor.3:13,14) não possa ver a verdade revelada nas Escrituras Sagradas, e por isso ficam induzindo muitos incautos e ignorantes ao erro, tirando ideia carnais e muitas vezes malignas, porque eles mesmo estão preso a escravidão do pecado e do engano.
Não existe qualquer respaldo bíblico para se considerar a mulher de Apocalipse 12 como representando Maria, mãe de Jesus. E também não há, na Palavra de Deus, qualquer menção a Maria como sendo a mãe da igreja, conforme você afirmou. A igreja é formada pelos salvos por Jesus, portanto Maria era, ela própria, um membro do corpo de Cristo. O espírito de Constantino e o clero católico continuam condenando os verdadeiros filhos de Deus, o chamando de HEREGE, enquanto os verdadeiros HEREGES, continuam a viver e a praticar a maior abominação a Deus, a IDOLATRIA

OSÉIAS PAULO disse...

primeiro boa iniciativa de tentar explicar escatologia, tentar porque ficou mto vaga a explicação. e sobre a pergunta que um comentarista relatou acima, sobre o porquê de ter escrito dessa forma eu te digo: vejamos essas revelações foram mostrada a João quando este estava preso na ilha de Patmos; vejamos da seguinte forma nos dias atuais: alguem está numa prisão e precisa mandar informações sigilosas, do contrario essas informações não sairiam daquele presidio, não é ? e foi por isso que Deus as revelou desta forma a João

Unknown disse...

Olá, isso é pq João quando estava na Ilha de Patmos escreveu tudo que viu em forma de enigmas, pois se fosse tudo as claras os soldados não deixariam as cartas passarem. Desta forma eles pensavam que João estava ficando doido e nem ligavam. Foi graças a sabedoria de João que temos o livro da revelação para lermos. O nosso trabalho é só interpretação, pois o mais difícil, através do Espírito Santo de Deus, João fez! Um abraço amigo e fica com Deus.

Targino Paz disse...

PR. TARGINO

TODA PROFECIA DEVE OBRIGATORIAMENTE TER UMA FINALIDADE, UMA DIREÇÃO E ESSA DIREÇÃO DEVE LITERALMENTE SEMPRE GLORIFICAR O CRIADOR E NUNCA A CRIATURA, A CRIATURA A UMA FERRAMENTA E DEUS O AUTOR E CONSUMADOR DE TUDO.
ENTÃO AVALIEM SUAS INTERPRETAÇÕES, SEMPRE DANDO RESPALDO TEOLÓGICO COERENTE SE NÃO É ERESIA.

OBRIGADO

PR. TARGINO
TEÓLOGO

Targino Paz disse...

As intretações devem ser conduzidas com respaldo bíblico coerente, não podem ter base biblica isolada do contexto do texto, nbão pode contradizer a bíblia, precisa gerar sempre glória e honra para o Senhor Jesus, onde todos os outros elementos da profecia são secundários não tendo poder de decisão e sim de obediencia.

cuidado com suas interpretações.

Pr. Targino - Teólogo

luis alexsandro Mileski disse...

gostei tem lógica mas tem um porem satanás não existe ele não é um ser na bíblia é usado simbolicamente,satanás na verdade é nossas tendencias inferiores como o maior satanás que temos que é o orgulho,o satanás que caiu do céu é uma criação da igreja greco romana para assustar as pessoas. e lembrando quem matou Jesus foi o homem e não satanás.

Ismael souza disse...

Boa noite , sou o irmão Ismael, para quem tem dúvidas quanto a esta mulher que esta em apocalipse 12 digo que é a nação fiel(remanescente)a Deus, a coroa com 12 estrelas simbolizam as 12 tribos de Israel(coroa da mulher)vestida de Sol(resplandece a luz do cordeiro durante o nascimento). Jesus foi gerado por esta nação(mulher). Não há espaço para Maria, porque ela também fazia parte desses remanescentes. Que o espirito santo os ilumine nesta questão.

moabe santana disse...

Engraçado ,,muitos costuma dizer:ta amarrado diabo,mas n acrediata em Deus,quando ta na pior diz:Deus mim ajuda..... (rebanho de Judas, traidor)